Estaleiros de olho em licitação da Petrobras

Imprimir
PDF

Deve sair em março a licitação da Petrobras para a revitalização do Campo de Marlim, um dos mais antigos da Bacia de Campos.

O processo terá o objetivo de contratar duas plataformas (FPSO), cada uma com capacidade de produção de 150 mil barris/dia e custo que pode chegar a 1 bilhão de dólares.

Em tese, o conteúdo local dessas plataformas é zero, já que a licitação do campo ocorreu antes das novas regras de contratação de serviços e equipamentos brasileiros.

Porém, a indústria nacional aguarda com ansiedade a licitação para ver até que ponto a Petrobras irá comprar tudo lá fora mesmo ou vai dar algum respiro às empresas que ainda não fecharam suas portas, mas que agonizam com a falta de encomendas.

A pergunta já foi feita ao presidente Pedro Parente, mas até agora não foi respondida.

Fonte: Portos e Navios