Trabalhadores farão ato no dia 3 em defesa das empresas públicas

Imprimir
PDF

 

Várias categorias de trabalhadores e diversos segmentos sociais realizam, no próximo dia 3 de outubro (terça-feira), um ato em frente ao prédio da Eletrobras, na Avenida Presidente Vargas, centro do Rio de Janeiro, para denunciar a privatização e desmonte das empresas e dos serviços públicos brasileiros. A concentração está prevista para 11h.

 

 

A manifestação é organizada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas. Diversas entidades estão abraçando o ato, porque ele deixa de ser somente relacionado à Petrobras e passa a ser em defesa das empresas públicas que estão sendo entregues ao capital internacional.

A data da manifestação é emblemática. No dia 3 de outubro de 1953, o presidente Getúlio Vargas sancionava a Lei 2004, que criou a Petrobras. Após a concentração, os manifestantes farão uma caminhada até a sede do BNDES, e depois rumam à Petrobras, onde o ato será encerrado.

 

As principais empresas responsáveis pela atuação anticíclica do Estado brasileiro durante a crise mundial foram Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, a própria Petrobras e a Eletrobras. O que demonstração a importância que o Estado tem para o desenvolvimento de uma nação.