Reforma trabalhista e seus perigos são debatidos por dirigentes do Sindicato

Imprimir
PDF

Nesta segunda-feira (24/07) o Sindicato promoveu uma grande reunião com toda diretoria para esclarecer os impactos da reforma trabalhista no dia a dia da classe trabalhadora.

A advogada do Sindicato, Dra Daniele Gabrich, fez um panorama didático sobre as mudanças ao longo da história e o que afeta os trabalhadores.

Entre as mudanças, a diminuição no horário de almoço, o trabalho intermitente, férias parceladas, a permissão para a mulher gestante trabalhar em local insalubre, entre outros assuntos.

A reforma trabalhista entre vigor em meados do mês de novembro. Os entendimentos com relação às mudanças devem ser construídos por sindicatos, advogados, o Ministério Público do Trabalho e a Justiça do Trabalho.

 

Os trabalhadores devem ficar atentos e comunicar ao sindicato qualquer tentativa de mudança imposta pelos patrões. A única forma de representação da categoria com força para barrar injustiças e retiradas de direitos é através do Sindicato.